Cheque: Como funciona, Tipos, Como preencher, Pagamento

Anúncios

O cheque é um meio de pagamento bastante utilizado no Brasil e consiste em uma ordem de pagamento à vista. Em outras palavras, ao preencher um cheque, o emitente autoriza o pagamento de um determinado valor ao beneficiário (ou favorecido), mediante apresentação do cheque no banco emissor.

O cheque pode ser utilizado tanto por pessoas físicas quanto por empresas, sendo uma forma prática e segura de efetuar pagamentos, especialmente em transações de maior valor.

Anúncios

Como funciona o Cheque?

O cheque é um meio de pagamento à vista que funciona como uma ordem de pagamento emitida por uma pessoa física ou jurídica. Ao preencher um cheque, o emitente autoriza o pagamento de um determinado valor ao beneficiário, que pode ser uma pessoa física, uma empresa ou uma instituição financeira, por exemplo.

O cheque é uma forma prática e segura de efetuar pagamentos, especialmente em transações de maior valor, mas é importante utilizá-lo de forma responsável e cuidadosa para evitar prejuízos financeiros e sanções legais.

Anúncios

No entanto, é importante ressaltar que o uso de cheques exige cuidados e responsabilidade, já que a sua utilização indevida ou fraudulenta pode resultar em prejuízos financeiros e até mesmo em sanções legais. É fundamental conferir os dados do beneficiário e o valor a ser pago antes de emitir um cheque, além de manter o controle dos cheques emitidos e das respectivas baixas, a fim de evitar problemas como o extravio ou o uso indevido dos cheques.

Quais são os tipos de cheques?

Existem diferentes tipos de cheques, cada um com suas características e finalidades específicas. Os principais tipos de cheques são:

  • Cheque ao portador: é aquele que não indica o nome do beneficiário e pode ser utilizado por qualquer pessoa que o apresente no banco emissor.
  • Cheque nominal: é aquele que indica o nome do beneficiário e só pode ser recebido por ele ou por endosso, ou seja, transferido para outra pessoa através de assinatura no verso do cheque.
  • Cheque cruzado: é aquele que apresenta duas linhas paralelas no canto superior esquerdo e só pode ser depositado em conta bancária, não podendo ser sacado em dinheiro.
  • Cheque administrativo: é emitido pelo próprio banco e garante o pagamento ao beneficiário, sendo utilizado especialmente em transações de maior valor.
  • Cheque pré-datado: é aquele em que a data de emissão é posterior à data de apresentação ao banco. É utilizado como forma de garantir o pagamento em uma data específica, mas é importante lembrar que o banco não é obrigado a respeitar a data pré-determinada.

 

Cada tipo de cheque tem suas particularidades e é importante conhecê-las para utilizar o cheque de forma adequada e segura.

Como preencher um cheque?

Preencher um cheque é um processo relativamente simples, mas que exige alguns cuidados para evitar erros e garantir a segurança da transação. Para preencher corretamente um cheque, siga as seguintes orientações:

Cheque
  • Informe o valor em números no espaço indicado, tomando cuidado para não deixar espaços em branco ou sobrepor os caracteres.
  • Repita o valor em extenso, utilizando letras maiúsculas e preenchendo todo o espaço disponível.
  • Indique o nome do beneficiário no espaço indicado, de forma clara e legível.
  • Informe a data de emissão do cheque, que deve ser a mesma data da assinatura do emitente.
  • Assine o cheque no espaço indicado, de forma legível e sem rasuras.

 

É importante lembrar que o preenchimento correto do cheque é essencial para evitar problemas como a devolução do cheque por falta de informações ou a recusa do beneficiário em aceitá-lo. Por isso, é importante conferir os dados antes de assinar o cheque e entregar ao beneficiário.

LEIA TAMBÉM:

Consulta de Protesto de Títulos: Como realizar a pesquisa gratuita online
Está com Nome Protestado? Saiba como regularizar
Como cancelar Título de Protesto

Como é feito o pagamento com cheque?

O pagamento com cheque é um processo relativamente simples, mas que exige alguns cuidados para garantir a segurança da transação. O passo a passo para fazer o pagamento com cheque é o seguinte:

  • Preencher o cheque corretamente, informando o valor a ser pago, o nome do beneficiário, a data e a assinatura do emitente.
  • Entregar o cheque ao beneficiário, que deve conferir os dados antes de aceitar o pagamento.
  • O beneficiário deve apresentar o cheque no banco emissor para efetuar o depósito ou o saque, dependendo do tipo de cheque.
  • O banco realiza a compensação do cheque, verificando a disponibilidade de fundos na conta do emitente e efetuando o pagamento ao beneficiário.
  • O emitente deve manter o controle dos cheques emitidos e das respectivas baixas, a fim de evitar problemas como o extravio ou o uso indevido dos cheques.

 

É importante lembrar que o uso do cheque exige cuidados e responsabilidade, já que a sua utilização indevida ou fraudulenta pode resultar em prejuízos financeiros e até mesmo em sanções legais.

Quanto o banco cobra para descontar cheque?

O valor cobrado pelo banco para descontar um cheque pode variar de acordo com o tipo de conta e o relacionamento do cliente com a instituição financeira. Em geral, os bancos costumam cobrar uma taxa que varia de 1% a 3% do valor do cheque, além de possíveis tarifas de cadastro e manutenção de conta.

Alguns bancos também oferecem opções de pacotes de serviços que incluem a isenção ou redução de taxas para o desconto de cheques, o que pode ser vantajoso para clientes que realizam esse tipo de transação com frequência. É importante pesquisar as opções oferecidas por diferentes bancos e comparar as taxas antes de optar pelo desconto de cheques em uma determinada instituição financeira.

Qual o prazo de protesto de um cheque?

O prazo para protesto de um cheque é de 30 dias corridos, contados a partir da data de apresentação do cheque para pagamento. Caso o cheque seja apresentado mais de uma vez, o prazo de protesto de títulos se inicia a partir da última apresentação. Após o prazo de 30 dias, o cheque não poderá mais ser protestado, a não ser que seja apresentado novamente e ainda esteja dentro do prazo de validade.

É importante ressaltar que o prazo de prescrição do cheque é de 6 meses a contar da data de emissão, após esse período não é mais possível apresentá-lo para pagamento ou protesto.

artigos relacionados Read too:
Use Olivia to map your spending habits Use Olivia to map your spending habits

Anúncios In todays world having money management skills is crucial and artificial intelligence is playing an important role, in this area. One standout player in…

Understand how Thruster Finance works Understand how Thruster Finance works

Anúncios Thruster Finance is a decentralized finance (DeFi) protocol purpose-built to enhance trading experiences on blockchain networks. It specializes in offering users advanced, yet user-friendly…

rewarded credit cards
The best cards of 2024 List made by leading credit experts